martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 17 de junho de 2021

Mais uma vez o Governo do Estado se apropria de uma ação: dessa vez, com direito a criação de marca própria e tudo, de uma lei federal

 Quinta, 17 de Junho de 2021

Foto: Reprodução

O Governo do Rio Grande do Norte criou a logomarca da Lei federal Aldir Blanc do Rio Grande do Norte para divulgar investimentos na cultura. Vale recordar, que a lei foi aprovada em junho pelo Congresso Nacional, prevê auxílio financeiro ao setor cultural e foi regulamentada pelo Presidente Jair Bolsonaro. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com impacto das medidas de distanciamento social por causa do coronavírus.

Vale ainda destacar, que pela Lei Federal, a União repassou R$ 3 bilhões para os estados, municípios e o Distrito Federal, destinados a manutenção de espaços culturais, pagamento de renda emergencial a trabalhadores do setor que tiveram suas atividades interrompidas, e instrumentos como editais e chamadas públicas.

A logomarca(abaixo) criada pelo Governo do Estado em material disponível e distribuído aos meios de comunicação não deixa dúvidas: “Lei Aldir Blanc do Rio Grande do Norte”.  Ainda sobre a apropriação, dois pontos no release em destaque neste post, em trecho publicado nessa quarta-feira(16), chamam a atenção.

“O projeto foi realizado com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal, CNC – Centre National du Cinéma et de l’Image Animée. O Festival de Cannes acontece entre os dias 6 e 17 de julho de 2021, no Palais des Festival, na cidade de Cannes, na França”.

E mais:

“A Lei Aldir Blanc no Rio Grande do Norte lançou dez editais, premiou 2800 projetos e concedeu mais 906 auxílios emergenciais. Com um volume de benefícios desta envergadura poderia parecer que privilegiamos a quantidade, mas aqui está a prova da qualidade da produção. A cultura potiguar ganha muito com a presença deste documentário em Cannes”, em fala de Crispiniano Neto, diretor geral da Fundação José Augusto.

Fotos: Reprodução/Whatsapp/Instagram

 

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. E ainda tem gente que defende e/ou vota no PT! Desde 2002 , o primeiro ano do governo de Lulaladrão, que eu deixei de acreditar nesse partido… Depois foi só ladeira abaixo…

    1. Já profetizou Sandra Starling: “votar no PT é exercer o direito de ser idiota”.
      Sabe que é ela? Não? pesquise.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055