martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 18 de junho de 2021

Caso Lázaro: polícia avista serial killer foragido e faz nova operação para tentar capturá-lo

 Sexta, 18 de Junho de 2021

Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

A força-tarefa policial criada para capturar o fugitivo Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, realizou uma nova operação na tarde desta sexta-feira para tentar prendê-lo. Lázaro foi visto por moradores e policiais. Em seguida, a polícia tentou fazer um cerco para capturá-lo, mas ainda não há informações sobre o resultado.

Dezenas de policiais reuniram-se em um ponto afastado da área rural de Girassol, povoado que fica em Cocalzinho de Goiás. Cães farejadores e ao menos dois helicóptero foram utilizados para auxiliar nas buscas. O local fica a cerca de 10km da área que tem sido utilizada como base pelas polícias de Goiás e do Distrito Federal.

Lázaro é o principal suspeito de ter cometido uma série de crimes no DF e Goiás desde o dia 9 de junho, entre eles o assassinato de cinco pessoas.

Alan Reis, que tem um chácara na região, disse que Lázaro passou em sua casa, revirou roupa e levou um pedaço de queijo:

— Pelo jeito, ele invadiu a nossa casa. Quebrou a porta, revirou as roupas da minha esposa, que estava dentro de uma mochila. Revirou o guarda-roupa. E levou um queijo — relatou, dizendo que a polícia chegou em seguida.

Policiais que participaram do cerco confirmaram que Lázaro foi visto. Não há informações sobre troca de tiros, como ocorreu na quinta-feira, em outra tentativa da polícia de capturá-lo.

Cerca de 300 agentes das forças de segurança das policias militar, civil e federal de Goiás e do Distrito Federal continuam no encalço do serial killer. Os policiais contam com três helicópteros, cães farejadores e equipes munidas de equipamentos de visão noturna e térmica, além de drones e profissionais de inteligência.

As buscas por Lázaro, que teria assassinado uma família inteira no Distrito Federal na semana passada, estão no seu décimo dia. Um perímetro foi estabelecido em Cocalzinho de Goiás, que fica na divisa com o DF, onde as operações se concentram.

Nesta quinta-feira (17), os policiais realizaram um cerco e estiveram perto de prendê-lo. Os agentes informaram que havia um homem armado na mata, na zona rural de Cocalzinho de Goiás, e suspeitam que se trata do serial killer que está em fuga há nove dias.

O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055