martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 27 de março de 2021

Jornal troca o título de reportagem e omite que condomínio com aglomeração era o prédio do prefeito de Santos (veja o vídeo)

Sábado, 27 de Março de 2021

Na sexta-feira (19), Rogério Santos (PSDB), prefeito de Santos, decidiu fechar o calçadão da orla da praia para frear o avanço da Covid-19 na cidade. O anúncio foi feito durante uma entrevista à GloboNews.

Além do fechamento do calçadão da praia de Santos, as caminhadas foram proibidas e até grades foram colocadas no local. Santos está na Fase Emergencial e é a mais restritiva do Plano SP, que iniciou na segunda-feira (15).

Muitas outras medidas restritivas de combate à pandemia da Covid-19 foram postas em prática pelo gestor, mas o que chama a atenção é que, no domingo (21), apenas dois dias depois do aviso de novo decreto, uma moradora de Santos registrou pessoas se aglomerando na área de lazer do condomínio de luxo em que mora – quem diria – o próprio prefeito.

As imagens, claro, viralizaram nas redes sociais e mostram diversos grupos na área da piscina; aproveitando o dia de sol. Não há qualquer distanciamento social e grande parte das pessoas não faz uso de máscaras.

"Isso é lockdown? Tá acontecendo no prédio onde o prefeito mora! Fala sério! Isso está certo?", diz a mulher no vídeo, em tom de revolta.

Horas depois de publicar a matéria como “Moradora flagra aglomeração no prédio onde mora o prefeito de Santos”, o jornal alterou o título, misteriosamente, e colocou: “Moradora flagra aglomeração em condomínio de Luxo em Santos”.

Em nota, a prefeitura de Santos disse que recomenda aos condomínios residenciais situados em Santos “a observância do protocolo sanitário” adotado no Município, e “incumbe ao síndico ou autoridade competente pela administração do condomínio a definição das regras de prevenção, limpeza, higiene e controle da covid-19 em cada condomínio residencial”.

O lockdown em Santos iniciou dia 23 de março e vai até 4 de abril. A gestão municipal destaca que as denúncias sobre aglomerações em edifícios devem ser encaminhadas à Polícia Militar.

Confira o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055