martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 23 de março de 2021

Em plena pandemia, MPF gasta mais de R$ 778 mil em campanha publicitária contra agroquímicos

Terça, 23 de Março de 2021



O contrato, firmado com uma empresa de propaganda tem como objeto o desenvolvimento e veiculação de produtos e serviços de comunicação, que deverão servir para fortalecer e ampliar o alcance de atuação do Fórum Gaúcho de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos (FGCIA), que atualmente é coordenado pelo MPF do RS.

A portaria nº 96, assinada pela procuradora-chefe Claudia Vizcaychipi, publicada em 24 de fevereiro deste ano, autoriza o pagamento de valor global de R$ 778.725,38 pelo contrato assinado com a empresa de publicidade Engenho Ideias Comunicação Ltda.Em meio a tantas notícias de problemas enfrentados em razão da pandemia de covid-19, o gasto de dinheiro público neste tipo de contrato vem gerando críticas:

“É muito dinheiro para fazer campanha contra agrotóxicos. Quantos respiradores dariam?”, questionou uma fonte ouvida.

O MPF define o FGCIA como "um espaço permanente, plural, aberto e diversificado de debate de questões relacionadas aos impactos negativos dos agrotóxicos na saúde do trabalhador, do consumidor, da população e do ambiente, possibilitando a troca livre de experiências e a articulação em rede da sociedade civil, instituições e Ministério Público".

No entanto, entre os integrantes do Fórum não existe nenhum representante do setor produtivo do agronegócio.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055