martins em pauta

domingo, 25 de novembro de 2018

Estudantes de medicina antecipam formatura no Ceará para entrar no Mais Médicos

Domingo, 25 de Novembro de 2018

Resultado de imagem para imagens de medico

A abertura de vagas para o programa federal Mais Médicos, após o fim do convênio entre Brasil e Cuba, fez estudantes de Medicina do Ceará apressarem o processo de colação de grau. Uma das exigências para inscrição no certame era obtenção do registro no Conselho Regional de Medicina do Estado (Cremec), o qual pelo menos 250 recém-formados procuraram desde a última quarta-feira (21).

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou que não iria manter o programa com pagamento ao governo cubano, que fica com 70% do salário dos médicos do país. Com a mudança, Cuba anunciou a saída do programa. O Governo Federal lançou um edital para o preenchimento das vagas, o que gerou uma corrida pelas inscrições.

Na quarta-feira (21), foram 30 inscrições no Ceará; na quinta (22), mais 195; e nesta sexta-feira (23), até meio dia, mais de 20 profissionais solicitaram o registro. Em menos de três dias, o total de 250 inscrições já corresponde a 25% da estimativa para o ano inteiro, conforme o presidente do Cremec, Dr. Helvécio Neves.

“Fizemos uma força-tarefa para dar suporte a essa avalanche. Alunos de várias universidades particulares, além da UFC de Fortaleza e de Sobral, vieram solicitar o CRM. Há uma dificuldade de emprego no Estado, uma escassez de concursos públicos, e aumentou o número de faculdades. Cerca de mil pessoas se formam por ano, e veem no Mais Médicos uma possibilidade atrativa”, avalia.

Um dos estudantes que adiantaram o encerramento da graduação com o objetivo de entrar no Mais Médicos foi Davi Gósson, 34, recém-formado em Medicina na Universidade de Fortaleza (Unifor).

“Antecipei, mas não consegui me inscrever. As vagas para o Ceará acabaram muito rápido, e eu não queria ir para outro estado. Mas o mercado de trabalho não é só Mais Médicos, a necessidade de médicos é uma demanda social que não acaba”, declara Davi, cuja formação em Medicina se une à Odontologia no currículo.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055