martins em pauta

sábado, 1 de dezembro de 2018

Mais R$ 3 milhões em propina aparecem na conta de Gleisi

Sábado, 01 de Dezembro de 2018


Dissimulada, a senadora mais uma vez diz que é mentira, mas o fato é que proliferam denúncias contra a sua conduta promíscua e desonesta.

A revelação de que R$ 3 milhões foram repassados a Gleisi Hoffmann a título de propina foi feita por Renato do Valle, executivo, ex-presidente da CCR.

Em seu depoimento, Renato do Valle contou detalhes da transação efetivada em 2010, que, segundo ele, teria sido solicitada por Paulo Bernardo, marido da senadora e na época ministro do planejamento.

Sobre o assunto, eis a declaração da petista:

"Este senhor mente! Não recebi esse dinheiro para nenhuma campanha. Agora virou moda fazer delação acusatória, sem provas, e vazar para a imprensa, principalmente contra o PT e suas lideranças. Quero lembrar que já fui absolvida de um processo em que me acusaram desta maneira. Neste caso, por ser absolutamente infundada e mentirosa a acusação, sequer posso ser processada!"Na delação de Renato do Vale, inúmeros outros políticos também estão implicados, inclusive os tucanos Geraldo Alckmin e José Serra.

Veja abaixo a lista de propina da CCR:

Geraldo Alckmin (PSDB) - R$ 4,5 milhões

José Serra (PSDB) - R$ 3 milhões

Gleisi Hoffmann (PT) - R$ 3 milhões

Gilberto Kassab (PSD) - R$ 2,8 milhões

Aloizio Mercadante (PT) - R$ 1,7 milhão

Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) - R$ 1 milhão

Marta Suplicy (PT à época) - R$ 1 milhão

Campos Machado (PTB) - R$ 1 milhão

Edson Aparecido (PSDB) - R$ 340 mil

Antonio Mentor (PT) - R$ 150 mil

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Oline

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055