martins em pauta

sábado, 1 de dezembro de 2018

Péssima notícia para o PT - Palocci fechou uma 2.ª delação premiada relatando ilícitos na gestão de Lula e Dilma

Sábado, 01 de Dezembro de 2018


A notícia de que o ex-ministro Antonio Palocci firmou um segundo acordo de delação premiada deixou a cúpula do PT em estado de alerta. Desta vez, com a Polícia Federal em Brasília e o o acordo já foi homologado pelo relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin.

Em seu segundo acordo de delação, Palocci relatou uma série de supostos crimes ocorridos no executivo durante a gestão dos ex-presidentes Lula e Dilma. A informação foi divulgada nesta quinta-feira, 29.

Neste novo acordo, Palocci revela fatos relacionados à Operação Greenfield, que investiga fraudes em fundos de pensão, crimes contra o sistema financeiro e políticos com foro privilegiado no âmbito da Petrobras.

Ao que tudo indica, o PT terá muitos problemas pela frente. O primeiro integrante do núcleo duro do partido a fazer um acordo de delação premiada contribuiu com muitas informações novas neste segundo acordo com a Justiça do DF. Foram nada menos que 23 depoimentos, no qual o 3.º homem da hierarquia do PT relata a atuação de uma suposta organização criminosa no governo federal e também crimes envolvendo o sistema financeiro nacional.

É provável que a decisão do juiz o juiz Vallisney de Souza Oliveira anunciada na semana passada esteja relacionada com a segunda delação de Palocci. Vallisney tornou réus os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff e os ex-ministros de governos petistas Guido Mantega e Antonio Palocci no processo conhecido como “quadrilhão do PT”. Eles vão responder por organização criminosa.

Fonte: Imprensa Viva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055