martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 11 de julho de 2022

O preço impagável da esquerda: A Argentina em chamas! (veja o vídeo)

Segunda, 11 de Julho de 2022


Frentes de esquerda e direita uniram-se contra o atual governo de Alberto Fernández na capital Buenos Aires e em outros centros como Córdoba, Mar del Plata, Rosário e Santa Fé.

As manifestações ocorrem uma semana depois do tweet de demissão do então ministro da Economia, Martín Guzmán.

A péssima escolha da substituta, Silvina Batakis – uma chavista de carteirinha – incendiou ainda mais a população e trouxe maior aderência aos protestos previamente agendados. O presidente Alberto Fernandes, conseguiu um milagre, uniu a direita e esquerda contra seu próprio governo.

Grupos de direita apresentaram-se às ruas contra a vice-presidente, alegando que o atual chefe de Estado é comandado por ela. Já as diligências da esquerda manifestaram-se contra os novos acordos com o Fundo Monetário Internacional (FMI), estabelecendo ajustes como a diminuição do déficit fiscal da Argentina.

A ministra da economia segue a cartilha das ditaduras cubana e venezuelana, leis rígidas para o povo, privilegio para os governantes, como destacou num tuite a jornalista, Elisa Robson:

"Argentina vai impedir seus cidadãos de viajarem ao exterior para evitar a fuga de dólares, anunciou Silvina Batakis, a ministra chavista da economia.
Enquanto isso seu filho está em viagem de estudos pela Inglaterra. A velha esquerda de sempre: liberdade para mim, escravidão para você."

Confira:

  • Fonte: jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055