martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 13 de julho de 2022

Empresário agredido por petista morreu em 2021, com sequelas da violência (veja o vídeo)

Quarta, 13 de Julho de 2022




O empresário vinha sofrendo com crises convulsivas desde que foi empurrado pelo petista e bateu a cabeça na traseira de um caminhão e quase foi atropelado. Com a saúde fragilizada, ele tinha que ir à unidade de saúde frequentemente. Mas, a Covid-19 se alastrou e, em uma dessas idas e vindas, ele contraiu o vírus e morreu.

"Meu pai tinha a saúde perfeita antes do ocorrido. Eu o vi decaindo. Foi muito triste e difícil. Ele faleceu em 2021, mas, para mim, a vida dele acabou em abril de 2018", contou ao site Metrópoles, a filha do empresário, que preferiu não ter o nome divulgado.

O Ministério Público denunciou Maninho por "emprego de meio cruel" na agressão ao empresário. Em sua defesa, o ex-vereador pareceu reagir com certa ironia:

"Consegui empurrá-lo algumas vezes. Ele continuou xingando e segui empurrando ele. Cheguei a dar um chute na canela e, no final, ele se virou contra mim e dei um tapa com a mão aberta no rosto dele e ele caiu", relatou

Entretanto, num momento de rara demonstração de decência, Maninho afirma que se arrependeu do que fez:

“Tenho um arrependimento enorme de ter acontecido esse fato, ainda mais agora com a morte dele. Eu queria vê-lo e pedir perdão. Eu fui levado pela emoção e tenho um enorme arrependimento de ter acontecido esse fato.”

De qualquer forma, chama a atenção a calma demonstrada pelo petista, parece que "prevendo" os elogios que receberia de seu padrinho político, por seu ato de covardia.

Veja o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055