martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 9 de março de 2021

STF obriga presidente a se explicar por mostrar ao povo brasileiro o que está sendo feito com o dinheiro público (veja o vídeo)

 Terça, 09 de Março de 2021

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, deu cinco dias para que o presidente Jair Bolsonaro - veja só - explique o motivo de ter informado ao povo brasileiro o quanto a União repassou em verbas federais para os Estados.

Os governadores que entraram com a ação alegam que Bolsonaro criou "instabilidade no equilíbrio federativo", ao informar para o povo onde o dinheiro do povo havia sido investido.

Diante dos frequentes pedidos de estados como a Bahia, São Paulo, Piauí, Maranhão e, agora, o Rio Grande do Sul; para que o Governo Federal banque o pagamento de novos leitos de UTI para os pacientes com o coronavírus, o presidente informou quanto a gestão dele investiu em ações de combate à pandemia em cada estado e acrescentou que esses itens já haviam sido pagos.

Os governadores do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e da Bahia, Rui Costa (PT), ingressaram com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal), na quarta-feira (3), para exigir que o presidente Jair Bolsonaro retire do ar a postagem no qual listou valores que o governo federal teria repassado, em 2020, a cada estado por conta da pandemia de Covid-19.

No pedido ao Supremo, Dino e Costa afirmam que as publicações de Bolsonaro provocaram “significativo abalo à lealdade, à harmonia e à cooperação que deve pautar e permear a relação” do governo federal com os Estados.

“Nesta ação, pretende-se obter a remoção ou a correção de publicação enganosa realizada pela conta oficial do Twitter da Presidência da República no dia 28 de fevereiro de 2021 e replicada nas contas oficiais da comunicação do Governo Federal”, diz o documento.

Ao Supremo, os governadores também dizem que a “propagação de conteúdo manipulado ou inverídico afronta o próprio princípio democrático” e “põe em cheque a legitimidade dos entes públicos no desempenho de suas funções constitucionais, além de prejudicar a eficácia e o alcance de políticas públicas, sendo inquestionável o potencial de gerar danos sociais”.

A postagem de Jair Bolsonaro veio em meio a muitas denúncias de desvio da verba federal.

Enfim, mostrar o quão corrupto e incompetente é um gestor é algo problemático no Brasil.

Confira o vídeo:

  • Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055