martins em pauta

sábado, 26 de outubro de 2019

Petrobras tem maior valor desde que Dilma foi anunciada candidata do PT

Sábado, 26 de Outubro de 2019 

por Júlia Moura | Folhapress
Foto: Reprodução / Infomoney


As ações preferenciais, mais negociadas, da Petrobras atingiram o valor de R$ 29,50 na Bolsa de valores brasileira nesta sexta-feira (25). O patamar é o maior desde junho de 2010, quando Dilma Rousseff foi anunciada como candidata do PT às eleições presidenciais daquele ano, sendo eleita para seu primeiro mandato.

No momento, a companhia tem um valor de mercado de R$ 404 bilhões, maior patamar desde 2007, quando a economia brasileira vivia um dos seus melhores momentos com o boom internacional dos preços de matérias-primas. Naquele ano, o aumento do PIB (Produto Interno Bruto) foi de 5,7% e a empresa valia R$ 430 bilhões.

A valorização de 4,2%, por volta das 12h40, das ações da petroleira é fruto dos bons resultados apresentados pela companhia em seu balanço do terceiro trimestre deste ano.

A Petrobras fechou o terceiro trimestre de 2019 com lucro de R$ 9,1 bilhões, alta de 36,8% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. O desempenho supera a baixa nos preços internacionais do petróleo e reflete o aumento na produção do pré-sal e a entrada de recursos com a venda de ações da BR Distribuidora.

O lucro veio acima das expectativas do mercado, animando investidores que na véspera temiam o contrário. Nesta sexta, a recomendação das corretoras era de compra para os papéis da companhia.

"Em um trimestre em que preços de petróleo foram em média -9,5% em relação ao período anterior, a empresa demonstrou resiliência, com geração de caixa em patamares saudáveis e redução do endividamento", diz relatório da XP Investimentos.

As ações ordinárias, menos negociadas, têm alta de 4% e chegam a R$ 32, maior patamar desde março deste ano.

O bom desempenho da companhia mais negociada da Bolsa levou o Ibovespa a bater os 108 mil pontos pela primeira vez na história por volta das 10h48. No momento, o índice perdeu força e opera a 107.427 pontos, alta de 0,4%. 

O viés positivo levou a cotação do dólar a recuar a menos de R$ 4 pela primeira vez desde 15 de agosto. No momento, o dólar recua 1% e é cotado a R$ 4.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055