martins em pauta

sábado, 26 de outubro de 2019

Mandetta defende mais integração entre agências de saúde do Brics

Sábado, 26 de Outubro de 2019

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Na avaliação do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, seria positivo que as agências de saúde dos países que compõem o Brics (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), para padronizar as regras para certificação de indústrias e produtos do setor. A aproximação foi defendida por ele nesta sexta-feira (25).

“Quando iniciamos os trabalhos em fevereiro, percebemos que temos um mecanismo, no caso do Brics, mas não conseguimos construir uma agenda comum das nossas agências. Com isso, estamos os cinco países submetidos às regras das agências que estão na Europa”, disse o ministro, durante a abertura da 9ª Reunião de Ministros da Saúde do Brics, no Complexo Bariqui, em Curitiba, no Paraná.

Na ocasião, segundo a Agência Brasil, Mandetta fez críticas a maneira como os europeus atualizam essas regras, dando a elas “níveis cada vez mais altos” de certificação, de forma a proteger seus mercados.

“Esse tópico já foi conversado em nossas reuniões anteriores, e estipulamos que as agências, que são e têm de ser independentes em relação ao governo, comecem a construir um nível de qualidade, que será cobrado de nossas indústrias e de nossos produtores, para que possamos ter um nível mais homogêneo, e possamos certificar nossas ilhas de produção dentro do Brics. Nossos países poderão então confiar e comprar, com as agências regulando e certificando em seus próprios países”, acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055