martins em pauta

sábado, 18 de novembro de 2017

Ex-assessor de Lúcio Vieira Lima, Job Brandão negocia delação premiada com a PGR

Sábado, 18 de Novembro de 2017 

Foto: Antônio Cruz/ Agência Brasil

O ex-assessor do deputado Lúcio Vieira Lima, Job Ribeiro Brandão, está em negociação com a Procuradoria-Geral da República para fechar acordo de delação premiada. Preso em setembro na operação da Polícia Federal que encontrou R$ 51 milhões no apartamento usado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima, em Salvador, Job Ribeiro Brandão solicitou nesta sexta-feira (17), ao Supremo Tribunal Federal (STF), revogação da prisão domiciliar e do monitoramento eletrônico. De acordo com o G1, no pedido enviado ao ministro do STF, Edson Fachin, a defesa de Job diz que o ex-assessor parlamentar, em depoimento à Polícia Federal, "manifestou espontaneamente o desejo de colaborar com as investigações”. De acordo com a jornalista Cristiana Lôbo, da Globo News, Geddel tem "gritado" na Papuda que quer fazer uma colaboração premiada, mas o assessor "passou na frente". Job teria garantido que vai explicar tudo o que sabe sobre os milhões encontrados no apartamento e, só depois da apresentação das provas, a Procuradoria-Geral da República vai decidir se fecha ou não o acordo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget