martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 1 de agosto de 2022

Estados Unidos matam chefe da Al Qaeda em ataque no Afeganistão

Segunda, 01 de Agosto de 2022

Fonte: R7

Sucessor de Bin Laden, Ayman al-Zawahiri teria sido assassinado em bombardeio aéreo com um drone, segundo imprensa dos EUA

AFP

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Ayman al-Zawahiri foi morto durante um ataque com drone no Afeganistão
  • Informações da imprensa devem ser confirmadas por Joe Biden em pronunciamento
  • Fontes do governo dos EUA já confirmam a operação contra 'importante alvo da Al Qaeda'
  • Al-Zawahiri passou a liderar a Al Qaeda depois da morte de Osama Bin Laden
Osama Bin Laden (à dir.) e Ayman al-Zawahiri (à esq.) em registro de 2001

Osama Bin Laden (à dir.) e Ayman al-Zawahiri (à esq.) em registro de 2001

HAMID MIR/EDITOR/AUSAF NEWSPAPER FOR DAILY DAWN VIA REUTERS - 10.11.2001

Os Estados Unidos mataram no último domingo (31) o atual líder do grupo terrorista Al Qaeda, Ayman al-Zawahiri, segundo informações divulgadas pela imprensa americana nesta segunda-feira (1º). Al-Zawahiri passou a liderar a organização criminosa depois da morte de Osama Bin Laden.

"Durante o fim de semana, os Estados Unidos realizaram uma operação antiterrorista contra um importante alvo da Al Qaeda no Afeganistão. A operação foi um sucesso e não houve vítimas civis", declarou.

A fonte não deu detalhes sobre a operação ou a identidade do alvo, mas o presidente Joe Biden falará sobre o caso em pronunciamento pela televisão, informou a Casa Branca. Neste comunicado, o líder norte-americano deve confirmar a morte de al Zawahiri

Ayman al-Zawahiri, sucessor de Bin Laden na Al Qaeda

Ayman al-Zawahiri, sucessor de Bin Laden na Al Qaeda

SERVIÇO DE MONITORAMENTO SITE/REUTERS - 12.09.2011

Este anúncio acontece quase um ano após a caótica retirada das forças americanas do Afeganistão que permitiu aos talibãs retomarem o controle do país após 20 anos.

Em meados de julho, os Estados Unidos anunciaram a morte do líder do grupo Estado Islâmico na Síria, Maher al Agal, durante um ataque com drones, uma operação que "enfraqueceu consideravelmente a capacidade" da organização "para preparar, financiar e realizar operações na região", afirmou um porta-voz militar americano.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Contato : (84) 9604-4055

    Contato : (84) 9604-4055