martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 3 de maio de 2022

Sem provas, presidente do Senado ataca atos de 1º de Maio: “manifestações ilegítimas e antidemocráticas”

 Terça, 03 de Maio de 2022

Com uma mensagem em suas redes sociais, o presidente do Senado Federal, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), criticou os atos realizados por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, em todo o país, neste domingo (1º), em comemoração do Dia do Trabalho.

"Manifestações populares são expressão da vitalidade da Democracia. Um direito sagrado, que não pode ser frustrado, agrade ou não as instituições
O 1º de maio sempre foi marcado por posições e reivindicações dos trabalhadores brasileiros.
Isso serve ao Congresso, para a sua melhor reflexão e tomada de decisões. Mas manifestações ilegítimas e antidemocráticas, como as de intervenção militar e fechamento do STF, além de pretenderem ofuscar a essência da data, são anomalias graves que não cabem em tempo algum", escreveu.

Também há forte pressão para que o parlamentar dê encaminhamento aos vários pedidos de impeachment contra magistrados da Suprema Corte, sobre os quais ‘permanece sentado’.

Mas agora é o próprio Rodrigo Pacheco que precisa se explicar publicamente e ‘dar nome aos bois’, apontando ‘os autores dos ataques à democracia do país’ que, segundo ele, teriam ocorrido neste 1º de Maio.

Afinal, afirmações gravíssimas, por alguém que ocupa um cargo de tal relevância pública, precisam de provas!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055