martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 19 de dezembro de 2020

Mais de dois milhões de habitantes do RN moram em lugares sem coleta de esgoto

Sábado, 19 de Dezembro de 2020


Foto: Arquivo/TN

Reportagem da Tribuna do Norte destaca que mais de dois milhões de habitantes do Rio Grande do Norte – 66,28% da população – moram em lugares sem coleta de esgoto. É o que mostra o diagnóstico anual do Sistema Nacional de Informações Sobre Saneamento (SNIS), que coloca o Rio Grande do Norte em quarto lugar entre os Estados do Nordeste no índice.

O percentual indica a dificuldade do estado de cumprir as metas do novo marco do saneamento, que estipula para 2033 a universalização do saneamento básico no País. Este é o cenário três décadas depois do saneamento ser considerado um direito essencial na Constituição do Brasil de 1988. No Brasil, 40,56% dos habitantes não possuem coleta de esgoto.

Segundo relatório do Instituto Trata Brasil deste ano, com os índices atuais, o Rio Grande do Norte precisa investir R$ 650 milhões por ano para universalizar o saneamento básico até 2033, ano-limite do novo marco do saneamento básico, sancionado em julho. O investimento é o triplo do que a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) investiu, em média, entre os anos de 2014 e 2018 (R$ 180 milhões). Confira a reportagem completa na Tribuna do Norte.

Fonte: Blog do BG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo

    Mas Lula e Dilma não tinham tornado o Brasil um país de primeiro mundo?
    Ou mentiram como é praxe da esquerda ?

  2. Gabriela

    a FAFÁ não fez saneamento ? NATÁLIA BONAVIDES fez o que?

  3. Calígula

    Ainda teve parlamentares do RN que votaram contra o marco do saneamento.
    Bolsonaro tem razão

  4. Neco

    Tão contando como ligado à rede o domícilio somente com essa passando em frente da casa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055