martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

PF aponta que governo Witzel pagou dívida em troca de propina

Quarta, 16 de Dezembro de 2020


PF aponta que governo Witzel pagou dívida em troca de propina
Foto: Sérgio Lima/ Poder360


A operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) nesta terça-feira (15), no Rio de Janeiro, mira o governo Wilson Witzel (PSC). Ligada ao processo que culminou no afastamento do governador eleito, em agosto (saiba mais aqui), essa nova investigação aponta que o governo teria usado o pagamento de dívidas para arrecadar propina. Toda a fraude teria gerado um prejuízo acima de R$ 50 milhões aos cofres públicos do estado.

 

Segundo a Folha de S. Paulo, entre os presos na operação está o advogado Wagner Bragança, vice-presidente de uma comissão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e administrador judicial da Varig.

 

A PF aponta que a Organização Social (OS) Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus recebeu cerca de R$ 280 milhões em dívidas inscritas como "restos a pagar" em troca de 13% de propina sobre os valores quitados.

 

A publicação explica que a OS tinha direito a receber os valores, mas, dada a situação financeira do estado, a propina era paga como forma de "furar a fila" de pagamentos.

 

No suposto esquema, a empresa teria usado um escritório de advocacia como intermediário, com um contrato de cerca de R$ 50 milhões. Em seguida, os advogados teriam repassado mais de R$ 22 milhões para pessoas jurídicas ligadas a um operador financeiro, esse último identificado nas Operações Placebo e Tris in Idem.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055