martins em pauta

terça-feira, 3 de julho de 2018

"Gritava desesperada": assassino de Vitória dá detalhes cruéis do crime

Terça, 03 de Julho de 2018


O site Ideal Notícia foi um dos que repercutiu a morte de Vitória e o áudio divulgado pelo Fantástico desse domingo. O ‘Fantástico’, da TV Globo, repercutiu a morte da menina Vitória Gabrielly. Neste domingo, 01/07, o programa da Rede Globo de Televisão mostrou a confissão do assassino na menina, que morreu aos 12 anos, após sair de casa usando um par de patins cor e rosa. O pedreiro Júlio Costa deu detalhes sobre como foi o dia em que Vitória Gabrielly foi assassinada. Ele chocou ao dar detalhes sobre o crime.

Áudio revela confissão do assassino de Vitória Gabrielly

O ‘Fantástico’ exibiu no ar um áudio que seria de Júlio Costa confessando a um policial como teria matado a menina. Ele revelou, por exemplo, que Vitória Gabrielly foi colocada por ele em um carro com o casal que também foi preso pelo crime da menina.

Júlio contou que Vitória Gabrielly gritava desesperada e que, para se defender, entrou em luta corporal com ele. Nas mãos da menina foi encontrado material genético de Júlio. De carro, o pedreiro diz que ele e o casal preso foram com a menina até uma região de mata, no município de Araçariguama, onde o assassinato foi efetuado.

Em áudio ao Fantástico, assassino falou sobre morte

O pedreiro disse que aceitou matar Vitória Gabrielly porque tinha uma dívida com o tráfico de drogas e era ameaçado. Ele chegou a mudar o depoimento algumas vezes. No local do assassinato, Vitória Gabrielly teve uma meia enfiada na boca e as mãos e pés amarrados.

Júlio garante que se arrependeu pelo o que fez, enquanto o casal que está preso nega participação no crime.

O desaparecimento de Vitória causou muita comoção e chamou a atenção de todo o Brasil, que torcia para que a garota cheia de sonhos fosse encontrada viva, mas infelizmente isso não aconteceu. O corpo de Vitória foi encontrado no dia 16 de junho em uma área de mata, já em avançado estado de decomposição, desde então a polícia trabalha com afinco em busca dos responsáveis pela morte brutal da jovem.

As duas principais linhas de investigação apontavam para crime de ódio e/ou vingança o que foi aventado diante das marcas no corpo da menina, ela foi estrangulada e lutou pela vida. Outra vertente investigava a possibilidade de Gabrielly ter sido raptada e morta por engano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055