martins em pauta

sábado, 7 de julho de 2018

Garoto abordado por segurança do Shopping da Bahia é matriculado em escola

Sábado, 07 de Julho de 2018 

Foto: Reprodução/ Facebook

O garoto abordado por um segurança do Shopping da Bahia e impedido de ganhar uma refeição de um cliente do estabelecimento, voltou a estudar. O caso aconteceu no dia 11 de junho e foi caracterizado como discriminação. O menino, de 12 anos, foi matriculado em uma escola municipal a partir da atuação da Defensoria Pública da Bahia (DP-BA). De acordo com a mãe do adolescente, Maria Eliane Santos, o filho estava no estabelecimento comercial por não estar frequentando a escola, já que ela não tinha conseguido matriculá-lo em uma instituição de ensino próxima a sua residência, além de não possuir condições financeiras para arcar com o valor do transporte até uma escola mais distante. Antes do ocorrido no shopping, a criança estudava em uma escola no bairro de Fazenda Coutos. A família precisou se mudar para Pernambués. A mãe do jovem não conseguiu uma vaga na escola do novo bairro em que residem. Desde que o caso ganhou repercussão nacional com ampla divulgação na imprensa e nas redes sociais, a Defensoria Pública da Bahia vem prestando apoio e orientação jurídica a todas as partes envolvidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055