martins em pauta

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

PM encontra 49 menores de idade em festa com drogas, bebidas e poluição sonora no AP

Segunda, 08 de Janeiro de 2018


Uma denúncia de poluição sonora na noite de sábado (6) levou a Polícia Militar (PM) até uma festa onde haviam 49 menores de idade, com consumo de bebida alcoólica e drogas em uma casa na Zona Norte de Macapá. O organizador da festa e o dono da residência foram presos. Duas pessoas também foram conduzidas por descumprimento da pena de prisão domiciliar.

A festa acontecia na avenida Alceu Paulo Ramos no bairro Novo Horizonte. Antes de entrar no local, a polícia informou que identificou o crime de poluição sonora e, já dentro da casa, foi constatada a presença de muitos adolescentes.

“Era uma festa organizada pelas redes sociais numa residência onde tinham convidados. As equipes já aferiram a perturbação de sossego, com som acima do permitido. Quando a Força Tática entrou, percebeu os menores consumindo bebida alcoólica e entorpecentes”, contou o capitão Alex Sandro Chaves.

Ao todo, 25 papelotes de maconha e 2 de cocaína foram apreendidos na casa. Atenderam a ocorrência militares da Força Tática, Batalhão Ambiental e 2º Batalhão da PM. O Conselho Tutelar da Zona Norte também foi chamado.

Na festa a polícia também localizou duas pessoas, de 20 e 43 anos, que cumpriam pena em regime aberto e deveriam estar recolhidos naquele momento.

O responsável pela festa e o dono da casa foram responsabilizados por condicionarem os menores ao consumo de drogas e bebidas alcoólicas, de acordo com a polícia. Eles foram levados para o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval.

“O dono da residência foi autuado pelo crime ambiental. Ele e o organizador da festa serão responsabilizados por expor os menores em situação de risco, como consumo de drogas e bebidas. O maior que cede a residência para esse tipo de festa, em que são encontrados menores consumindo entorpecentes e bebidas alcoólicas, é ele que responde criminalmente por isso”, explicou o capitão.


G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget