martins em pauta

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Cármen Lúcia desiste de vistoriar presídio em Goiânia por questões de segurança

Terça, 09 de Janeiro de 2018 

Foto: Vitor Santana / G1

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, desistiu de vistoriar o presdio em Aparecida de Goiânia, região metropolitana de Goiás. Após quase quatro horas de reunião com autoridades nesta segunda-feira (8), inclusive com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ficou decidido pelo cancelamento da visita por "questões de segurança". De acordo com o G1, a ministra Cármen Lúcia se reuniu no Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) com Gilberto Marques Filho, presidente do órgão, e com Marconi Perillo (PSDB), governador do estado. Na reunião estavam em pauta os três motins que ocorreram em apenas cinco dias no Complexo Prisional, dois na Colônia Agroindustrial do Semiaberto e um na Penitenciária Odenir Guimarães, de regime fechado. "O cidadão não pode viver com medo de jeito nenhum. E também o preso tem que saber que tem o Judiciário atento ao que está acontecendo", disse a presidente do Supremo. Entre as medidas anunciadas no encontro está um termo de cooperação entre o CNJ e o TJ-GO para que seja feito um cadastro de todos os presos do estado. Também foi determinada a realização de mutirões para analisar todos os processos para verificar quais os detentos já possuem algum direito de progressão de regime. O prazo dado foi até março.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget