martins em pauta

domingo, 10 de dezembro de 2017

Após ser alvo de gravação, Temer investe até R$ 2 mi em sistema de mega-segurança

Domingo, 10 de Dezembro de 2017 

Foto: Reprodução / PB Hoje

Depois de ser gravado pelo empresário Joesley Batista, o presidente Michel Temer (PMDB) decidiu investir até R$ 2 milhões em um mega-sistema de segurança. O governo lançou uma licitação aberta para contratar uma empresa que elabore projetos nos níveis básico e executivo para o sistema. Segundo informações do blog Radar, da Veja, os novos equipamentos serão instalados nos prédios do Palácio do Planalto, no Alvorada, no Jaburu, onde o presidente vive, e na Granja do Torto. Entre as atividades da empresa vencedora estão a implementação de um novo formato de controle de acesso de pessoas, veículos, bens materiais diversos e resíduos, além do videomonitoramento e apresentação de sistemas de comunicação e de combate a incêndio e pânico. Temer se tornou alvo de duas denúncia apresentadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) após a divulgação das gravações do empresário Joesley Batista. No início do ano, o sócio da JBS entrou com facilidade no Palácio do Jaburu, sem marcação na agenda oficial do presidente, para encontrá-lo. Na conversa registrada e divulgada pelo executivo sem o conhecimento do peemedebista, os dois falam sobre os crimes cometidos por Joesley e também da suposta compra do silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget