martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Médico e deputado federal desmente "álibis" da CPI contra o General Pazuello (veja o vídeo)

 Quarta, 17 de Fevereiro de 2021

O médico e deputado federal pelo PSL, Luiz Ovando, publicou vídeo nas redes sociais, desmentindo as justificativas de se pedir CPI contra o General Eduardo Pazuello.

“A oposição já tentou quase tudo para desmoralizar e desestabilizar o Governo Bolsonaro. Em 15 de abril de 2020, o Supremo, por solicitação do PDT, retirou do Governo Federal a capacidade de decisão e administração da pandemia. Mas, as consequências deveriam ser pagas pelo Planalto e instalou-se o lockdown prematuro, inconsequente, irresponsável e infundado que foi sempre negado por grandes epidemiologistas”, disparou.

 

E completou:
“Qual é a acusação contra Pazuello? Morreu muita gente no Amazonas e no Brasil. Faltou oxigênio. Estimulou o uso da hidroxicloroquina.”
“A população não acredita mais nos médicos e administradores de gabinete atrás do computador, fazendo o jogo da desestabilização”, esbravejou.
“O Brasil está em 23º lugar de mortalidade mundial, atrás dos campeões da eficiência científica, econômica, tecnológica... Vírus não se trata fechando porque a contaminação é mais avassaladora”, informou.

Com relação à falta de oxigênio notada em alguns estados do país como o Amazonas, o médico disse:

“Verdade. Faltou, sim. Faltou também em Portugal, Egito, África do Sul, Nigéria e Ásia. Em Portugal, houve ainda falta de leitos e os pacientes eram tratados em cadeiras. Faltou oxigênio também em Los Angeles, que é a segunda cidade mais rica dos Estados Unidos. O aumento de consumo de oxigênio em Los Angeles foi de 482% e o de Manaus, 500%”, explicou.
“Onde está a falha de Pazuello? Tudo foi providenciado em tempo oportuno e recorde”, finalizou.

Confira o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055