martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

Sexta, 25 de Dezembro de 2020

Juíza morta pelo ex-marido na véspera de Natal dispensou escolta a pedido da filha

Foto: reprodução

A juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, de 45 anos, que foi morta pelo ex-marido nesta véspera de Natal, dispensou a escolta que lhe era oferecida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) após dois meses. A magistrada, que já havia sido ameaçada e agredida por Paulo José Arronenzi, de 52 anos, com quem fora casada de 2009 a 2020, comunicou a Comissão de Segurança TJ, que não queria mais ser acompanhada pelos seguranças por uma decisão pessoa – que seria o pedido de uma das filhas.

A escolta foi colocada à disposição de Viviane depois de um pedido dela. A juíza tinha como proteção dois carros, com seis homens armados e com habilidades em artes marciais, acompanhando-a durante 24 horas por dia.

Nesta véspera de Natal, contudo, ao deixar as filhas no condomínio de Viviane, na Barra da Tijuca, Paulo José a esfaqueou. Ela morreu no local e ele foi preso em flagrante e levado para a Divisão de Homicídios (DH). As filhas pequenas — gêmeas de 7 anos e uma de 9 — presenciaram a cena

Portal Grande Ponto

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marquinhos

    Esse Evandro só pode ser da turma de Maria do Rosário

  2. Calígula

    Lamentável.
    E agora vão proibir facas tbm?
    Enquanto ela tinha escolta armada o vagabundo à respeitava.
    Se ela tivesse armada e tivesse habilidade em manusear uma arma, talvez estivesse viva.
    Prefiro ter e não precisar usar, do que precisar e não ter uma arma.
    Vagabundo só respeita o que teme.

  3. Ricardo Pufal

    O Brasil precisa discutir a pena de morte.

  4. Lucio

    Pena de morte já, para esse insociável.

  5. Luciana Morais Gama

    Que esse assassino morra na cadeia. Não respeitou nem a presença das filhas. Nada justifica essa violência.

    • Evandro

      Que ele seja levado, para a cadeia e seja submetido a estudos, oficinas de leitura e logo logo possa tá ressocializado para voltar ao convívio com a sociedade.

    • Lurdes

      Pimenta no C… dos outros e refresco né Evandro.
      E se fosse a tua mãe, era pro assassino voltar pras ruas??
      Pau que nasce torto, morre torto não tem jeito.
      Cadeia pra esse bandido é pouco.
      E as crianças, como fica agora??
      Safado, destruiu tudo, e ainda tirou a vida da jovem juíza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055