martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Caso Gabriel: PM é preso suspeito de matar jovem por ‘engano’ no Guarapes

Quarta, 19 de Agosto de 2020

A Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu preventivamente um policial militar pelo homicídio de Giovanne Gabriel de Souza, de 18 anos, desaparecido no dia 6 de junho. A vítima, de acordo com a Polícia Civil, teria sido “confundido” com um assaltante de carros que havia cometido crimes momentos antes na região, e foi morto “por engano”.

Gabriel tinha 18 anos, foi confundido com criminoso e morto
Reprodução/Facebook

De acordo com a DHPP, um desses assaltos teria sido contra um familiar do policial preso, que saiu em busca de “retribuição”, e resultou na morte da vítima. A identidade do policial não foi divulgada pela Polícia Civil, que também afirma que novas diligências ainda estão sendo efetuadas para verificar a atuação de outras pessoas na ação. A Polícia Militar também vai instaurar um inquérito interno para averiguar a ação dos possíveis militares envolvidos, além do que já está preso. Até o momento, divulgou-se apenas que ele pertencia ao 8º Batalhão de Polícia Militar.

Giovanne Gabriel desapareceu dia 5 de junho, quando saiu do bairro Guarapes, Zona Oeste de Natal, e estava a caminho da casa da namorada, que mora em Parnamirim. Ele foi encontrado morto com marca de tiro na cabeça e as mãos amarradas com um “enforca gato” no dia 14 de junho, em São José de Mipibu. A família reconheceu o corpo de Gabriel junto ao Instituto Técnico Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) no dia 15 de junho. Ele estava com um relógio dado de presente pelo pai, Jeová Gomes

O resultado das investigações foi apresentado em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira, 19, na sede da Delegacia Geral de Polícia, em Natal. De acordo com os investigadores, dois assaltantes haviam feito uma série de assaltos na região em que Gabriel foi pego pela polícia, em Parnamirim. A viatura do 8º Batalhão, que não pertence à região, saiu em busca dos assaltantes. Lá, encontrou Giovanne Gabriel, que ia de bicicleta ao encontro da namorada, nas primeiras horas da manhã. A área dos assaltos, em que Gabriel foi pego, não compreendia à área de patrulhamento do referido batalhão.

De acordo com os policiais, Giovanne teria sido confundido com um dos assaltantes, e foi levado pelos PMs que estavam no local. Não se sabe, ainda, se a morte aconteceu dentro do veículo ou onde o corpo foi encontrado, no município de São José do Mipibu. O veículo utilizado pelos policiais foi apreendido para identificação de material genético da vítima e elucidação da forma da morte. A polícia não descarta a possibilidade de prisão de outras pessoas que estariam envolvidas.

Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055