martins em pauta

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Marcelo Odebrecht detona: Reforma do sítio de Atibaia era para ‘pessoa física de Lula’

Sexta, 09 de Novembro de 2018


O empresário Marcelo Odebrecht confirmou em interrogatório realizado nesta quarta (7) na Justiça Federal do Paraná, que as reformas num sítio em Atibaia, pagas em parte pela empreiteira de sua família, eram uma “coisa pessoal” para o ex-presidente Lula.

Marcelo Odebrecht confirmou Ele declarou que tomou conhecimento sobre a reforma no sítio, que passou por uma série de adaptações supostamente para atender necessidades do ex-presidente Lula, e foi que se manifestou contrariamente ao envolvimento da Odebrecht no pagamento da obra.

“Eu até reclamei porque, primeiro, eu achava que era uma exposição desnecessária”, afirmou. “Seria a primeira vez que a gente estaria fazendo uma coisa pessoal para o presidente Lula.”

Além de confirmar a participação do caixa da empreiteira de sua família nas obras do sítio de Atibaia, Marcelo Odebrecht ainda se referiu à outras vantagens indevidas destinadas direta ou indiretamente ao petista, afirmando que "Até então, por exemplo, tinha tido o caso do terreno do instituto, bem ou mal, era para o Instituto Lula, não era pra pessoa física dele”, disse.

Marcelo disse que, devido ao número de pessoas trabalhando na obra do sítio, havia dificuldade em manter sigilo, pois o risco de vazamento “era enorme”.

Segundo o empresário, a decisão de bancar as obras no sítio foi do pai dele e as despesas foram debatidas na planilha Italiano, gerenciada pelo então ministro Antonio Palocci com contabilização de propinas que seriam destinadas ao PT.

“Eu até combinei com o Palocci. Vamos fazer aqui 1 débito na planilha italiano de R$ 15 milhões, eu e você, que é para atender esses pedidos que nem eu e você ficamos sabendo que Lula e meu pai acertam”, afirmou.

Marcelo citou e-mails encontrados no computador pessoal dele que foram entregues à Justiça e disse ao advogado de Lula, Cristiano Zanin, que as mensagens provam o que ele disse na delação.

“O que, por exemplo, 'complicou muito a vida do seu cliente' não foi nem meus relatos, foram os e-mails”, disparou Marcelo Odebrecht para o advogado de Lula.


Fonte: Imprensa Viva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055