martins em pauta

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Gilmar Mendes defende aumento aprovado do seu próprio salário

Quinta, 08 de novembro de 2018 


Gilmar Mendes, o ministro conhecido informalmente como “padroeiro dos corruptos” defendeu a aprovação pelo Senado de projetos que preveem reajuste para ministros do STF e para a procuradora-geral da República, registra o G1.

Para Gilmar, o aumento da remuneração é “necessário”:

“O Supremo já havia aprovado esse projeto. Isto foi uma deliberação colegiada que se tomou ainda na gestão da presidente Carmen Lúcia. Era necessário, por conta das repercussões orçamentárias e se espera que o Congresso faça essa aprovação, fazendo então esse ajuste.”

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (7) o reajuste salarial de 16,38% dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e do procurador-geral da República, cargo hoje ocupado por Raquel Dodge. O salário dos magistrados hoje é de R$ 33,7 mil e passará a ser de R$ 39,2 mil. A votação terminou com o seguinte placar: 41 senadores a favor do reajuste, 16 contrários e uma abstenção.

Com informações do Antagonista e G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055