martins em pauta

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Comissão Interamericana de Direitos Humanos pede proteção para viúva de Marielle

Terça, 07 de Agosto de 2018

Foto: Reprodução / TV Globo

Após a viúva da vereadora Marielle Franco (PSOL), Mônica Benícia, revelar que tem sofrido ameaças, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da Organização dos Estados Americanos (OEA) pediu que o Brasil adote medidas cautelares de proteção a ela. O órgão também quer que o país assegure o direito de Mônica continuar realizando seu trabalho como defensora dos direitos humanos, sem a exposição a ameaças, assédios ou atos de violência.

Segundo informações da Agência Brasil, o Estado deve combinar com Mônica as medidas a serem adotadas e relatar à comissão as ações implementadas para investigar os fatos. A viúva de Marielle disse que foi perseguida por um carro branco, ameaçada verbalmente por um homem, além de atacada na internet.

De acordo com a publicação, o Palácio do Planalto disse que o assunto será respondido pelo Ministério dos Direitos Humanos. Por outro lado, a pasta disse que o caso é transversal e que, portanto, está consultando outros ministérios, como o Itamaraty, para tomar uma posição conjunta. Nesta segunda (6), Mônica vai prestar depoimento na Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro.

Assassinato de Marielle

Marielle Franco foi executada no dia 14 de março, com pelo menos quatro tiros na cabeça. O crime aconteceu quando ela saía de um evento no bairro do Estácio, no Rio de Janeiro. Seu motorista, Anderson Gomes, também foi atingido pelos disparos e morreu. Já a secretária de Marielle, que estava no banco de trás, se salvou.

Com a investigação sobre a autoria e a motivação dos assassinatos em curso, um policial reformado e um ex-bombeiro miliciano foram presos, sob acusação de terem participado do crime. O vereador Marcelo Siciliano (PHS) também é investigado por seu suposto envolvimento. Até o momento, uma das principais linhas de investigação indica que o apoio de Marielle a casos de regularização fundiária na cidade esteja relacionado à sua execução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055