martins em pauta

sábado, 2 de dezembro de 2017

Por causa de tatuagem que dizia 'não ressuscite', médicos deixam homem morrer

Sábado, 02 de Dezembro de 2017 

Foto: Reprodução/ G1

Médicos de um hospital de Miami, nos Estados Unidos, deixaram um homem morrer por ele ter uma tatuagem no peito que dizia "não ressuscite". O paciente, de 70 anos, diabético e com histórico de doenças no coração e no pulmão, chegou até a unidade de saúde desacordado, e ao verem a tatuagem, os médicos passaram por um dilema ético, de cumprir o juramento profissional ou acatar o desejo do paciente. De acordo com o G1, por ora, os médicos do Jackson Memorial Hospital manteram o homem respirando e, após uma reunião, o conselho de ética sugeriu aos profissionais que acatassem o pedido na pele do paciente, e o deixassem morrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget