martins em pauta

sábado, 2 de dezembro de 2017

Presidente do PR usou apartamento funcional da Câmara para se esconder da Justiça

Sábado, 02 de Dezembro de 2017 

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O presidente nacional do PR e ex-ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, usou um apartamento funcional da Câmara em Brasília para se esconder durante o período que esteve foragido da Justiça. Depois de sete dias como procurado, ele se entregou à polícia na última terça-feira (28). Nesta quinta (30) Rodrigues foi transferido para uma cadeia em Benfica, no Rio de Janeiro. O ex-ministro é acusado de dissimular doações ilegais para a campanha de Anthony Garotinho (PR) ao governo do Rio de Janeiro em 2014. De acordo com o G1, durante o período foragido, Rodrigues passeou livremente pelas ruas de Brasília, indo até ao prédio onde fica a sede do PR. O apartamento funcional em questão é localizado a menos de três quilômetros da sede da Polícia Federal, e pertence à funcionária da liderança do PR Maria Tereza Buaiz. Ela, no entanto, não é vista por lá nem em nenhuma das salas onde funciona a liderança do partido governista. Funcionários da Câmara disseram à Globo que a Maria Tereza trabalha em um complexo de salas comerciais onde fica a sede do PR. A funcionária recebe mais de R$ 18 mil ao mês de salário na Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget