martins em pauta

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Meirelles pediu 3 meses a agências de classificação de risco para rever notas do Brasil

Quinta, 17 de Agosto de 2017 

Foto: José Cruz / Agência Brasil

Com a mudança iminente da meta fiscal, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles solicitou nesta semana, a representantes das três grandes agências internacionais de classificação de risco, que aguardassem três meses para revisar as notas brasileiras. Segundo informações da coluna Painel, o objetivo é tentar evitar novo rebaixamento da economia do país e consequente impacto nas ações de grandes empresas e investidores. O ministro também procurou os gestores dos principais bancos do país. O valor da nova meta, que seria anunciado nesta quarta-feira (16), foi divulgado pelo líder do governo no Senado, Romero Jucá, na noite desta terça (15). A meta passou de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões. Meirelles ficou irritado com o vazamento, mas não se surpreendeu. Já Jucá, nos bastidores, deixou claro ao Planalto que ficou incomodado com a circulação do rumor de que teria partido dele o pedido para ampliar a meta para R$ 179 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget