martins em pauta

domingo, 30 de julho de 2017

Tensão cresce na Venezuela em véspera da Assembleia Constituinte

Domingo, 30 de Julho de 2017 

Foto: Miguel Gutierrez / EFE

Na véspera das eleições para a Assembleia Constituinte, autoridades venezuelanas adotam fortes medidas de segurança. Segundo a agência EFE, o motivo é que as tensões contra e pró Maduro estão cada vez mais intensas. O Conselho Nacional Eleitoral deve divulgar os últimos detalhes sobre a instalação dos centros de votação que estavam 96% prontas, segundo informou a presidente do órgão, Tibisay Lucena. Ela alertou que em 53 dos 335 municípios do país foram registrados "fatos de violência política focalizada" dentro da onda de protestos iniciada em 1º de abril e que deixou 109 mortos, centenas de feridos e quase 5 mil presos. Lucena ainda declarou que as Forças Armadas, que terão 200 mil homens nas ruas nas eleições de amanhã, buscarão garantir a continuidade do processo e responderão a qualquer ameaça fazendo "uso proporcional da força." Ainda segundo a EFE, a emissora estatal "VTV" tem dedicado a programação para convidar os venezuelanos a participar da escolha dos representantes da Assembleia Constituinte, processo que, segundo a procuradora-geral do país, Luisa Ortega Díaz, é rejeitada por 90% dos cidadãos. O poder ilimitado da Assembleia Nacional Constituinte, uma vez constituída, gera temor entre a população. Muitos venezuelanos têm estocado alimentos, geralmente escassos devido à severa crise econômica sofrida pela Venezuela há dois anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget