martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 16 de janeiro de 2023

Ex-comandante da PM diz que corporação agiu de acordo com informações recebidas da Inteligência

Segunda, 16 de Janeiro de 2023




Vieira contou ao magistrado instrutor do gabinete de Moraes, desembargador Airton Vieira, que agiu e orientou os seus subordinados adequadamente e de acordo com as informações recebidas da Inteligência e tudo apontava para atos pacíficos.

- No dia dos fatos, estive presente no local e nós fizemos a operação de acordo com as informações que tínhamos recebido. Eu era o comandante-geral da Polícia Militar e havíamos recebido a informações da área de inteligência, inclusive de outros órgãos, e tudo apontava para um ato pacífico - relatou.
- Não houve da nossa parte facilitação para que os atos ocorressem - frisou.

Fora isso, Vieira disse que, embora não tenha participado da reunião que houve antes dos protestos, soube que contou com a presença de comandantes da PM da área central de Brasília, representantes da Secretaria de Segurança Pública do DF, da Agência Nacional de Inteligência (Abin), Ministério da Justiça, Gabinete de Segurança Institucional e do Supremo Tribunal Federal e que nenhum dos órgãos mencionou que a manifestação seria violenta.

Fábio Augusto Vieira está preso no Regimento de Polícia Montada, desde a terça-feira (10), acusado de permitir os atos.

Além do ex-militar, Anderson Torres, ex-secretário de Segurança Pública do DF (Distrito Federal) e ex-Ministro da Justiça, também foi detido ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Brasília, na manhã deste sábado (14).

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643