martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 17 de janeiro de 2023

Eduardo Cunha ‘entra’ na polêmica dos cartões corporativos e silencia PT com sugestão ameaçadora

Terça, 17 de Janeiro de 2023

"Eu me recordo bem da briga que o governo Lula da época, com maioria no Congresso, teve para abafar a polêmica dos gastos dos cartões corporativos. Talvez fosse bom agora que estão levantando a polêmica no governo de Bolsonaro, que se revisitasse (sic) os gastos dos governos do PT."

Essa postagem foi feita neste final de semana pelo ex-deputado federal por quatro mandatos e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, em sua conta do Twitter.

E, curiosamente, nenhuma liderança ou parlamentar do PT ou de movimentos e partidos de esquerda do entorno da legenda do ex-presidiário Lula tiveram a coragem de contrapor a ‘fala’.

Preferiram silenciar, ainda se remoendo do ‘tiro no pé’ que o episódio causou ao governo, afinal, Lula pensava em expor escândalos e desperdício de dinheiro, ao quebrar o sigilo de 100 anos dos cartões corporativos utilizados por Jair Bolsonaro e sua equipe no âmbito da presidência da República.

Mas, além de nada encontrar (apesar das inúmeras tentativas que a velha mídia tem feito), ainda teve os próprios gastos revelados, assim como o de seus sucessores no Palácio do Planalto, Dilma Rousseff e Michel Temer.

Eis o resultado:

  • Lula/ 1° Mandato – R$ 59.075.679,77
  • Lula/ 2° Mandato – R$ 47.943.615,34
  • Dilm/ 1° Mandato – R$ 42.359.819,13
  • Dilma/ 2° Mandato (1 ano e 8 meses) – R$10.212.647,25
  • Temer/ Um Mandato (2 anos e 4 meses) – R$15.270.257,50
  • Jair Bolsonaro/ Um Mandato – R$32.659.369,02

Os valores foram corrigidos com base na inflação, calculados até dezembro do ano passado.

O capitão, vejam só, gastou a metade do ex-sindicalista… 

Mesmo vindo de uma figura como Eduardo Cunha, a sugestão de 'revisitar' os gastos das gestões petistas deveria ser colocada em prática, imediatamente.

É desmoralizante! 

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643