martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 2 de junho de 2021

Comitê Científico informa que pandemia no RN piorou e secretário de saúde Cipriano Maia diz que quadro atual “é de extremo alerta”; decreto atual expira em uma semana

 Quarta, 02 de Junho de 2021

Foto: Sandro Menezes

O secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia,  alertou em coletiva no início da tarde desta quarta-feira (2), informações do Comitê Científico de enfrentamento à pandemia no estado, que a situação da pandemia da covid-19 no Rio Grande do Norte piorou em alguns aspectos.

Na companhia do diretor do hospital Giselda Trigueiro, André Prudente, o secretário de saúde Cipriano Maia reforçou a necessidade de medidas de proteção individual, como o uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social.

Para o titular da Sesap, o cenário epidemiológico feito semanalmente pelo comitê científico teve poucas alterações, com piora em alguns aspectos, e o quadro atual “é de extremo alerta e exige de todos nós a atenção e concentração para nos proteger”.

Segundo Maia, a pactuação de restrições regionais no Alto Oeste, Vale do Açu, Região Central e parte do Seridó têm contribuído para evitar a piora do cenário nesses locais.  Apesar de não falar diretamente sobre qual será a postura do Governo do Estado após o decreto em vigor expirar, Cipriano Maia disse que é importante que a situação seja discutida regionalmente.

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Boa tarde.por isso q o meu nao vai se tiver.sao vidas q estao em jogo.pais,alunos,professores e funcionarios das escolas e familiares de todos.isso é um absurdo.tao cedo o RN voltara ao normal.os coitados dos professores sem tomar a vacina. Isso .é serio nao é brincadeira.

  2. A vacinação avança…A economia dá sinais de recuperação…Projeções de crescimento do PIB melhoram a cada dia…Dólar cai…”PRECISAMOS FAZER ALGO SENÃO O HOMI SE RE-ELEGE”…

  3. Se as universidades passarem pra presencial aí é que o desmantelo vai ser grande. Todos os dias em escolas aparecem caso e agora algumas direções mandam seguir as aulas normais. Cadê a fiscalização nas escolas?

    1. Concordo com você PG. Tem escola particular em Natal com casos de Covid no Fundamental 1. Crianças de 4° e 5° anos e a única medida foi o aluno não assistir aula presenciais depois de confirmado, mas a turma e os professores continuaram com as aulas presenciais normalmente como se age em um caso de resfriado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055