martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 2 de junho de 2021

A estranha manifestação dos usuários de Máscara Azul

 Quarta, 02 de Junho de 2021

Além do habitual, a falta de qualquer símbolo patriótico, essa foto, da última manifestação contra o governo, me chamou atenção por um outro detalhe: As máscaras.

Digam-me, sinceramente: Nas ruas, no dia a dia, quantas pessoas usam máscaras deste modelo? Ainda, "coincidentemente", todas na cor azul.

Eu utilizo a PFF2 (N95), por motivos que vou explicar abaixo, e já comprei em várias lojas diferentes. Sempre, no comércio varejista, a maior disponibilidade é na cor branca.

Óbvio, então, que estas máscaras foram distribuídas por algum "movimento", que as comprou em lote, e só estão sendo usadas para fazer "teatro"; mostrar uma "responsabilidade" com a saúde que não retrata a realidade diária.

Óbvio, também, que as manifestações tiveram "donos", como fica claro pelas bandeiras partidárias e balões de "movimentos". Não é, NEM DE LONGE, algo espontâneo e autônomo, como são as manifestações "pró governo".

Por último, vale deixar claro que EU NÃO AGLOMERO. Não vou em nenhum tipo de manifestação, bar, evento social ou similar. Saio de casa, tomando todos os devidos cuidados, SOMENTE PARA O ESSENCIAL.

Sou fumante há mais de 20 anos e tenho avós que completarão, no próximo mês, 92 e 86 anos, com os quais convivo diariamente. Embora vacinados com 2 doses, confio mais na eficácia do Corote de Menta do que na Coronavac.

Além disso, minha namorada está convalescente do COVID, ainda com algumas sequelas pulmonares, e uma nova contaminação, com alguma variante, poderia ter consequências graves.

Porém, NÃO CRITICO QUEM FAZ. Cada um sabe onde o próprio calo aperta. A responsabilidade de cuidado comigo e com a minha família não pode ser terceirizada para estranhos. É algo de consciência individual.

O problema é que, na foto, só vemos FERRENHOS CRÍTICOS às aglomerações; os defensores da Terra Parada, do "Fique em Casa", que diziam que a saúde não vale mais do que a economia - como se uma coisa não interferisse diretamente na outra.

A defesa de suas agendas ideológicas "vale o risco"? É mais importante do que a economia e milhões de empregos?

Toda vez que a esquerda se manifesta, fica mais claro que a sua defesa NUNCA FOI PELO POVO. O objetivo é o poder. Nada além. Custe o que custar.

"Deus nos livre dos 'bem intencionados'. Eles causam danos irreparáveis." (CAMPOS, Roberto)


Fonte: Jornal da Cidade Online 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055