martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 16 de janeiro de 2021

Reunião que avaliará uso emergencial de vacinas será transmitida ao vivo e deve durar 5h, diz Anvisa

Sábado, 16 de Janeiro de 2021

Foto: reprodução/Anvisa

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou hoje (16) que a reunião marcada para amanhã (17) com o intuito de avaliar os pedidos de uso emergencial das vacinas contra a covid-19 deve durar pelo menos cinco horas. Os trabalhados serão transmitidos ao vivo pela internet e vão começar às 10h.

Dois imunizantes estão na pauta da Anvisa: a CoronaVac, de origem chinesa e fabricada e desenvolvida pelo Instituto Butantan (SP); e a da Fiocruz, que é resultante de estudos da Universidade de Oxford, na Inglaterra, em parceria com o laboratório AstraZeneca.

Além da live disponibilizada pelos canais de comunicação da Anvisa, emissoras de TV anunciaram que também vão transmitir a reunião.

Responsável pela liberação de imunizantes e medicamentos no Brasil, a Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, se reúne para analisar os dados de relatório elaborado pela área técnica sobre os dois pedidos. Após a análise, a diretoria da agência definirá, por meio de votação, se libera ou não a aplicação dos imunizantes.

A data da reunião corresponde ao último dia do prazo definido para analisar pedidos de uso emergencial de vacinas.

Caberá a cinco membros da Diretoria Colegiada da Anvisa a autorização de uso emergencial das vacinas: Antônio Barra Torres (diretor-presidente); Meiruze Sousa Freitas; Cristiane Rose Jourdan Gomes; Romison Rodrigues Mota; e Alex Machado Campos.

UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055