martins em pauta

domingo, 10 de novembro de 2019

Enem: professores avaliam segunda prova como conteudista

Domingo, 10 de Novembro de 2019

Candidatos responderam, neste domingo (10), a 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza. Confira correção a partir das 18h30


Plínio Aguiar, do R7


Candidatos realizam segundo dia do Enem neste domingo (10)CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Professores ouvidos pela reportagem do R7 analisaram a segunda prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), ocorrida neste domingo (10), e apontaram que o exame manteve o padrão de edições anteriores. Dessa forma, os candidatos enfrentaram uma prova conteudista.

Candidatos responderam a 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza. A saída, sem o caderno de perguntas, está liberada a partir das 15h50 – os alunos podem levar o caderno somente 30 minutos antes do término oficial do exame, às 18h.

O Portal R7, em parceria com o QG do Enem, transmite a correção da prova a partir das 18h30. Os internautas podem enviar perguntas pelo Facebook do R7.

Para o professor de química do QG do Enem Carlos André, a prova de química abordou diversas questões sobre o cotidiano. “Palha de aço para tirar cheiro de alho da mão, amido para retirar a concentração de sal no feijão. São questões do dia a dia e é justamente essa a abordagem do Enem”, avaliou.

André listou algumas das questões da prova de química: acidez, cálculos de PH em poupas de frutas, amido para salgar o feijão, utilização de café como adubo, entre outros. “É um pouco prematuro, mas a priori a prova foi conteudista”, disse. “Mas a prova aborda de 15 a 20 questões com essa pegada.” O nível de dificuldade da prova, segundo o professor, é de 7.

Para a professora de biologia do Sistema de Ensino COC Brunna Coelho, a prova manteve o nível das últimas edições. “Foram duas questões mais complicadas. O restante foi tranquilo”, disse. Segundo a docente, o nível de dificuldade do exame é 7 em uma escala de 0 a 10.

Os temas abordados na área de biologia foram, entre outros: imunologia, vacina, vírus, meio ambiente, citologia, relações ecológicas, genética e respiração celular.

“As questões de química, por sua vez, eram bem conteudistas”, apontou o professor de química do Sistema de Ensino COC Luiz Edgar de Carvalho.

O docente relembrou ao R7 temas que foram abordados no exame deste domingo: eletroquímica, termoquímica, estequiometria, reações orgânicas, entre outras.

As perguntas mais complicadas, segundo Carvalho, trataram sobre a análise de cadeia orgânica e de eletroquímica. “Se o aluno se preparou bem, consegue fazer”, diz. O professor acredita que o nível de dificuldade da prova é 6, também numa escala de 0 a 10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055