martins em pauta

sábado, 20 de outubro de 2018

Partido de Bolsonaro quer que PGR investigue esquema sobre fake news

Sábado, 20 de outubro de  2018

Resultado de imagem para imagem de bolsonaro
 
O presidente nacional do PSL, Gustavo Bebianno, disse hoje (20) que seu partido ingressará na segunda-feira (22) com uma ação na Procuradoria-Geral da República (PGR) para abertura de investigações sobre suposto esquema de disseminação de fake news anti-PT, financiado por empresários via caixa 2.

A denúncia – publicada na imprensa ao longo desta semana – informa que a propagação de informações falsas é ampla e ocorre por meio da plataforma do WhatsApp.

O assunto já está na Justiça Eleitoral. Ontem (19), o ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral, abriu ação para investigar o suposto esquema.

Em Fortaleza, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, disse que tem sido “o centro de calúnias” do adversário Jair Bolsonaro (PSL). Novamente, ele cobrou providências sobre as suspeitas que envolvem o envio de mensagens falsas.

Bolsonaro e sua equipe negam qualquer envolvimento no esquema. Segundo o candidato, ele que é vítima de notícias falsas. Hoje (20) pela manhã, o presidenciável foi à residência do empresário Paulo Marinho, no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, para gravar programas eleitorais.

De acordo com assessores, Bolsonaro gravará entrevistas para a TV Aparecida e concederá exclusivas para rádios do Norte e Nordeste. Haddad passa o fim de semana no Nordeste onde tem compromissos em cidades do Ceará, Piauí e Maranhão.

Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055