martins em pauta

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Assista: Jornalista que acusou campanha de Bolsonaro sem provas é eleitora do PT

Sexta,19 de outubro de 2018 

Republica de Curitiba

Dilma Rousseff em 2014 gastou R$ 9 milhões de reais com empresas clandestinas para a disseminação de propaganda eleitoral ilegal. Na época nenhum eleitor de Dilma ou mesmo apoiadores de dentro do Partido dos Trabalhadores pareceu se incomodar com a prática.

Agora, a Folha de São Paulo tenta, sem apresentar nenhuma prova imputar o mesmo crime na campanha de Jair Bolsonaro, afirmando contratos não divulgados no valor de R$ 12 milhões pagos por empresários.

A jornalista e militante Patrícia Campos de Mello, no entanto, esqueceu de colocar na matéria o seu viés político como ‘”pessoa que esquerda que sempre votou no PT”.

Assista abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055