martins em pauta

terça-feira, 29 de maio de 2018

Padilha diz que governo não estuda mexer na gestão e na política de preços da Petrobras

Terça, 29 de Maio de 2018 

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

Eliseu Padilha, o ministro da Casa Civil, afirmou em entrevista coletiva no Palácio do Planalto que a União não planeja afastar Pedro Parente, presidente da Petrobras, ou mexer na política de preços da estatal. "Não se discute isso [mudança na política de preço da Petrobras] no governo. Não está na pauta do governo sequer analisar a possibilidade de o ministro sair do cargo”, declarou. O chefe da Casa Civil elogiou a atuação de Parente à frente da estatal e disse que sua gestão está alinhada com o que pensa o governo. Segundo Padilha, a Petrobras enfrenta elevado grau de endividamento há dois anos, quando Temer assumiu o governo, e que recentemente registrou lucro. Já em resposta aos questionamentos sobre a negociação com a categoria dos petroleiros, que anunciaram greve para quarta-feira (30), o ministro disse que isso já está sendo tratado, mas não forneceu detalhes. "O presidente falou mais cedo com o Pedro Parente e a Petrobras está cuidando do assunto para fazer um diálogo e um processo de negociação para que não ocorra uma nova greve neste momento considerado delicado. Nós estamos com uma demanda reprimida e deveremos ter uma retomada crescente do fluxo, mas precisamos de um tempo para que as distribuidoras continuem abastecendo os veículos que vão buscar o suprimento de combustíveis", disse Padilha, segundo o jornal Estado de S.Paulo. O governo acredita que a greve será superada e que o momento é de negociação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055