martins em pauta

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Foragida há 21 anos, ‘Viúva Negra’ é presa em SP

Sexta, 06 de Outubro de 2017


Foragida há 21 anos, Lúcia de Fátima Dutra Weisz, de 61 anos, conhecida como “Viúva Negra”, foi presa na tarde desta quinta-feira (5), no bairro Nova Rússia, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, em uma operação conjunta entre as polícias Civil de São Paulo e do município paranaense.

Lúcia foi condenada, em abril de 2010, a 14 anos de prisão pelo homicídio qualificado do marido. Conforme a polícia, ela estava foragida desde o dia 20 de dezembro de 1995, quando foi resgatada da cadeia pública de Sumaré-SP, com a ajuda do estelionatário José Paulo Gordo, preso em julho de 1999, em Curitiba.

O crime pelo qual ela foi condenada ocorreu em 12 de março de 1995, em Americana-SP. Segundo a polícia, a empregada doméstica Valdelaine Pereira, filha de uma ex-empregada da casa, matou o empresário Gavril Weisz, na época com 41 anos, a mando da “Viúva Negra”.

A polícia trata Lúcia como “possivelmente a mulher que ficou mais tempo foragida no país”. Ainda de acordo com a polícia, ela também era procurada pela Interpol.



G1 / Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget