martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 7 de dezembro de 2022

Glenn Greenwald compartilha mensagem de Marcel Van Hattem e denuncia ao mundo 'autoritarismo' de Moraes

Quarta, 07 de Dezembro de 2022

O jornalista americano, Glenn Greenwald traduziu para o inglês e compartilhou uma mensagem do deputado federal Marcel Van Hattem (Novo-RS) denunciando a escalada do 'autoritarismo' do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, contra parlamentares conservadores no Brasil.

Van Hattem publicou no Twitter que Moraes, também atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), havia, na segunda-feira (5), bloqueado - sem dar qualquer explicação - todos os perfis da deputada Bia Kicis (PL-DF) e do deputado Cabo Junio Amaral (PL-MG) na internet. Os dois completam a "Lista Negra" do magistrado de 10 parlamentares conservadores e aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) censurados sem motivo aparente.

- Mais dois deputados federais têm redes sociais bloqueadas por decisão de Alexandre de Moraes: @BiaKicis e @cabojunioamaral. Já são DEZ parlamentares, eleitos ou em exercício, censurados pelo STF. Até quando, @ArthurLira_ e @rodrigopacheco, vão seguir FECHANDO o Parlamento? - questionou, indignado, traduzindo de imediato a mensagem para o inglês; a fim de revelar o caso para a imprensa internacional.

Greenwald que, em outras épocas, teve aproximação com a esquerda brasileira e batia de frente com jornalistas e parlamentares de direita, se solidarizou com Van Hattem e traduziu, ele mesmo, para a sua língua materna, compartilhando o assunto.

- Dez parlamentares em exercício ou recém-eleitos do Congresso Brasileiro - dez - tiveram os perfis em redes sociais bloqueados, suspensos ou banidos pela mesma Suprema Corte de Justiça que o New York Times já havia sugerido por duas vezes estar consolidando os poderes autoritários de Alexandre de Moraes -

Esta não é a primeira vez que o jornalista acena para a direita no país. Em novembro do ano passado, ele ganhou elogios do comentarista da Jovem Pan, Rodrigo Constantino, em cadeia nacional; por não se intimidar em criticar a imprensa tradicional brasileira e defender a liberdade de expressão no país.

- O Glenn é um cara de esquerda, mas honesto, e detona a ex-imprensa brasileira, que assumiu que os alvos dos disparos de Rittenhouse eram negros para encaixar numa narrativa prévia - disse Constantino, enaltecendo o jornalista americano.

Nos Estados Unidos, Glenn assume uma postura semelhante. Ele se tornou um crítico voraz da Gestão Joe Biden e se afastou dos democratas. Agora, ele, constantamente, faz participações em programas da Fox News, uma das poucas emissoras americanas, cujo noticiário é mais próximo do Partido Republicano e de Donald Trump.

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643