martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 9 de agosto de 2022

Militantes de esquerda armam "emboscada", deputado age rápido e acaba com a atitude covarde (veja o vídeo)

 Terça, 09  de Agosto de 2022

O deputado Rodrigo Amorim mudou o roteiro da Motociata que organizou em homenagem ao presidente Jair Bolsonaro e deixou "frustrados" cerca de 100 militantes de esquerda que ocuparam o antigo e desativado Museu do Índio, ao lado do Estádio do Maracanã, na Tijuca. Amorim havia divulgado inicialmente que a Motociata - com a presença do deputado federal Daniel Silveira - iria começar no Alto da Boa Vista e terminar na chamada "Aldeia Maracanã". 


A divulgação na mídia fez com que esquerdistas se mobilizassem nas redes para certamente buscar o confronto. 

"O ato de apoio ao presidente Bolsonaro tinha uma rota pré-definida que acabaria no Maracanã, resolvemos estender até a praça Vanhargem. Passei pelo lixo urbano repleto de militantes lobotomizados e preparados para um conflito. 
Tinham coquetéis molotov e diversas armas primitivas. Meu ato era voltado para as famílias e não para expor as famílias a uma violência. Mudamos e eles ficaram com cara de trouxas", disse Amorim.

Apoiadores de Amorim chegaram a filmar o local com um drone e comprovaram a movimentação dos militantes. Todos pareciam aguardar um confronto que acabou não acontecendo.

Confira:

"Essas pessoas são ignorantes. Não trabalho com corriolas. Não iria simplesmente atacar a aldeia, quando acontecer a desocupação será com profissionais de Segurança Pública e com o devido mandado. 
E eu me comprometo: caso Deus permita que eu continue na Alerj, o próximo 19 de abril, Dia do Índio, será com a Aldeia Maracanã desocupada", disse Amorim, depois de participar da Motociata com aproximadamente 400 integrantes.

Veja as imagens feitas com drone:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643