martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 23 de março de 2022

Pastor pediu 1 kg de ouro para liberar dinheiro no MEC, diz prefeito

 Quarta, 23 de Março de 2022

Foto: Reprodução

Um dos pastores que controlam um gabinete paralelo no Ministério da Educação pediu pagamentos em dinheiro e até em ouro em troca de conseguir a liberação de recursos para construção de escolas e creches, disse ao Estadão o prefeito do município de Luís Domingues (MA), Gilberto Braga (PSDB). Segundo o prefeito, o pastor Arilton Moura solicitou R$ 15 mil antecipados para protocolar demandas da prefeitura e mais um quilo de ouro após a liberação dos recursos.

“Ele (Arilton) disse: ‘Traz um quilo de ouro para mim’. Eu fiquei calado. Não disse nem que sim nem que não”, afirmou Braga, que diz não ter aceitado a proposta.

O prefeito afirmou que a conversa ocorreu em abril de 2021 durante almoço no restaurante Tia Zélia, em Brasília, logo após uma reunião com o ministro Milton Ribeiro no Ministério da Educação. A reunião no MEC, fora da agenda oficial do ministro, foi uma das diversas solicitadas pelos pastores Arilton Moura e Gilmar Santos.

“Ele disse que tinha que ver a nossa demanda, de R$ 10 milhões ou mais, tinha que dar R$ 15 mil para ele só protocolar (a demanda no MEC). E, na hora que o dinheiro já estivesse empenhado, era para dar um tanto, X. Para mim, como a minha região era área de mineração, ele pediu 1 quilo de ouro”, afirmou Braga ao Estadão. Na cotação desta terça-feira, 22, um quilo de ouro valia R$ 304 mil.

“Ele (Arilton) falou, era um papo muito aberto. O negócio estava tão normal lá que ele não pediu segredo, ele falou no meio de todo mundo. Inclusive, tinha outros prefeitos do Pará. Ele disse: ‘Olha, para esse daqui eu já mandei tantos milhões, para outro, tantos milhões’”, declarou, se referindo a verbas do MEC. “Assim mesmo eu permaneci calado, não aceitei a proposta”, disse o prefeito. Braga afirmou que até hoje não recebeu os recursos que solicitou no MEC.

Também nesse encontro, segundo o Estadão apurou, o pastor repassou o número da sua conta-corrente para que prefeitos anotassem e pudessem fazer os repasses da taxa de R$ 15 mil, apenas para dar entrada nas demandas ao ministério. Um dos presentes relatou que, após deixar “as demandas na mão” de Arilton, recebeu a conta do pastor para que o dinheiro fosse transferido. Como não efetuou a transferência, o pedido “não foi protocolado”.

No encontro que antecedeu o almoço, o ministro teria afirmado que havia muitos recursos no MEC e estimulou prefeitos a buscarem verbas para seus municípios.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Galera, isso foi montagem e será provado, e esse Ministro Evangelizador Comercial ira continuar com seus acertos, tudo dentro da moralidade e legalidade.

  2. O presidente mais despreparado da história e esse bosta que é presidente atualmente uma vergonha internacional!

  3. Aguardem,a cada investida dessa quadrilha de 9 dedos o mito sobe mais uns pontinhos na pesquisa,kkkkkk.MITO 2022

  4. Kkkkkk,agora aparece esse prefeitinho do PSDB com essa conversa,irão tentar de tudo,estão desesperados,quero vê como ele prova isso que tá dizendo,há um assessor desse companheiro confirmou,então deve ser verdade,vcs podem ir se acostumando.MITO 2022

  5. Kkkkkk,agora aparece esse prefeitinho do PSDB com essa conversa,irão tentar de tudo,estão desesperados,quero vê como ele prova isso que tá dizendo,há um assesor desse prefeito confirmou,então deve ser verdade,vcs podem ir se acostumando.MITO 2022

  6. Esses pastores (de pasto,sim) só não perdem para a pilantragem dos Malafaias e Felicianos da vida. Viva o Bezerro de Ouro! Ô, glória!

    1. “Não basta parecer honesto, é preciso provar que é honesto. O ministro tem obrigação de prestar contas para a sociedade com a máxima transparência senão coloca todos os pastores no mesmo saco de denúncias. Não queremos ter pecha de corrupção.”

      Para Mala “$$$$$” faia dizer, a coisa ficou pesada.

  7. Calma pessoal, tudo isso é feito “em nome de Jesus” e esse pastor “obrou” o milagre de transformar o que toca em ouro… Ainda bem que temos um governo patriota e família (sim, pra proteger a família das investigações dos crimes cometidos, o MINTO já afastou 20 delegados da Polícia Federal – aquela mesma polícia que ele disse em reunião GRAVADA que tem que controlar sabe!)… Vamos esperar a milícia digital paga comentar aqui no blog a narrativa criada nos grupos do Telegram da vida… Até lá, a catinga de chifre queimado é grande viu! Muuuuu

  8. Neco, Nero, Calígula, Chiola, Direita genérica e seus clones estão em silêncio. Barras de ouro, só Silvio Santos. Aí papai, os próprios evangélicos irão fazer o favor de aparar essa maçã podre.

  9. Olha só que papo interessante ” em 2021, eu, prefeito do Maranhão, lindo, educado, em conversa gravada, recebi uma proposta de ouro, fiquei calado com medo da minha amante ou esposa, agora, cheio de espírito de honestidade, venho denunciar. Tudo muito estranho, no mínimo prevaricou por não ter denunciado, agora vai ter que provar. Com Barusco devolvendo 100 milhões, Palocci confessando, contas, agendas, 176 réus confessos, milhões desviados, cachaça em Atibaia, triplex reformado, toalhas, pedalinhos, os irmãos batistas, passadena, dinheiro nas cuecas, querer fazer feijoada com para 57 milhões de brasileiros (2018) com meio quilo de feijão que ninguém viu é brincadeira.

    1. Essa cortina de fumaça tá no nível da do filme do Gentili. Vamos desviar a atenção para o que é relevente com aguas passadas.
      Enquanto fala do PT, o país só piora, ah gado viciado em alfafa.

  10. Arrancar dízimo de pobre carente e desinformado é para pastor evangélico de periferia.
    Porém, o dinheiro rola com força mesmo é no tráfico de influência exercendo cargos públicos ocupados por indicação do Presidente ou barganhado no voto.
    E o pior é que esses pilantras ainda usam o nome de Deus!!

  11. Nesse governo miliciano, tudo é feito no mercado paralelo. O governo bolsonaro é o conhecido mercado da 4, onde tudo é possível, tem de tudo pra todos os gostos. Não existe diferença entre o governo bolsonaro e o mercado da 4. Só não pode pedir nota fiscal. Como deixaram o país chegar a esse nível de degradação.

    1. Esse mercado da quatro fica onde? Quero ver se tem bandeira do MITO, sem nota fiscal é que é bom para mandar para os países fiscais, será que no mercado tem cuscuz com carneiro, picado, guizado ou galinha no café da manhã, cabra da gema só toma café assim.

    2. Eita que deu uma fome da gota Thales, o mercado da quatro fica próximo ao da seis, Prof.Mu só come alfafa, não sabe o que é bom, vou com minha camisa verde amarela, de vermelho posso levar uma surra, por sinal, tu visse o marginal dando chilique no Paraná? Mandaram o homem subir naqueles paletes, aí ele revoltou, sou lá pobre pra subir nisso, se recusou, aperreio grande da corja.

    3. Calma, muita calma nessa hora, o ouro era pra Jesus, os lindos e honestos pastores eram do reino do Messias. Vcs não têm mais fé? Isso não é corrupção. Acreditem , o áudio era do Lula, esse dinheiro arrecadado era para os pobres. Povo enlouquecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055