martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 18 de setembro de 2021

Jornalista diz que presidente não gosta de trabalhar e leva resposta desmoralizante de colega

 Sábado, 18 de Setembro de 2021

A jornalista Vera Magalhães levou uma senhora invertida nas redes sociais, após a publicação de mais um texto completamente alienado da realidade em sua coluna no globo.com.

Com o título de “Golpe dá trabalho, e Bolsonaro não gosta de trabalhar”, a “comunicadora de estimação do governador João Doria” insiste na tese de que o presidente da República buscava, ou ainda busca dar, um “golpe de estado no país com a ajuda das forças armadas”, mas que isso só não ocorreu por falta de adesão dos militares.

Com uma série de absurdos, Magalhães abarca as narrativas de que Bolsonaro estaria “tentando comprar policiais militares” com programas de casa própria, que ignoraria seus ministros quando os mesmos apresentam extensos documentos com teor técnico e que só se interessaria mesmo em realizar viagens pelo Brasil.

Com coleira dourada mantida bem apertada em seu pescoço pelo “calça apertada”, Vera intensifica o que tem feito diariamente, “uma verdadeira campanha eleitoral”, ao ignorar totalmente a rotina de Jair Bolsonaro e tentar adivinhar os passos que, na realidade, começam todos os dias a partir das 4 da manhã, e só vão acabar no final da noite.

O ápice de seu textinho é quando a jornalista claramente dá a entender que Bolsonaro não gosta de trabalhar:

"Uma análise acurada da agenda diária de Bolsonaro dá conta de sua completa inapetência pelas questões de Estado e do dia a dia do Executivo. Sai do Alvorada calmamente para conversar com os desocupados que vão lhe puxar o saco no cercadinho, concede entrevistas a emissoras de rádio sobre os temas distópicos que dominam sua cabeça, despacha com um ou dois ministros e cedo já volta para casa."

A resposta da jornalista Raquel Brugnera, entretanto, traz à tona as duas realidades. A primeira sobre a rotina intensa de Bolsonaro, como citado acima. A segunda, vem descrita abaixo:

"Desocupado é o seu crânio Vera Magalhães! Desocupados são aqueles que passaram meses nas ruas de Curitiba, gritando BOM DIA e BOA NOITE para o presidiário ex-presidente! Você mente Vera!! Quem conhece a rotina do Presidente sabe muito bem que não é assim!"

Vera tem jogado uma série "de mentiras ao vento", mas que são tomadas como verdades até por aqueles que dizem fiscalizar e punir fake news. É o chamado "fake news do bem", disseminado diariamente por dezenas de veículos de comunicação, a serviço da volta da esquerda ao poder ... Em nome do dinheiro fácil, ainda que sob o risco de uma "tal de regulamentação da mídia", esta sim, uma verdadeira censura.

Mas para eles, de que adianta liberdade sem mamata, não é mesmo?

Os tucanos já saíram de cima do muro faz tempo e decidiram mesmo que são parte da aparvalhada, insana e corrupta esquerdalha brasileira. Vera Magalhães, porém, parece ter perdido até mesmo este bonde da história, ao permanecer sobre o muro. Nas pontas dos pés, agarrada ao seu político de estimação, que também não sabe pra que lado deve pular, pois nenhum dos dois o quer, sob risco de serem enterrados juntos, e de véspera!

Mário Abrahão. Jornalista.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055