martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Cinco ministros do governo argentino entregam os cargos após derrota governista nas primárias para as eleições legislativas

 Quinta, 16 de Setembro de 2021

Foto: EFE/EPA/YOAN VALAT

Cinco ministros do presidente da Argentina, Alberto Fernández, entregaram seus cargos nesta quarta-feira, 15, após uma forte derrota do partido do governo nas primárias do último domingo, 12, para as eleições legislativas, que ocorrem em novembro. Colocaram os cargos à disposição os ministros do Interior, Eduardo “Wado” de Pedro; da Ciência e Tecnologia, Roberto Salvarezza; do Meio Ambiente, Juan Cabandié; do Desenvolvimento Territorial e Habitat, Jorge Ferraresi; e da Cultura, Tristan Bauer.

Até o momento, não há informações se o presidente vai aceitar as renúncias. O primeiro a anunciar publicamente foi Eduardo “Wado” de Pedro, que enviou uma carta a Fernández manifestando as razões de sua decisão. “Ouvindo suas palavras no domingo à noite, quando você declarou a necessidade de interpretar o veredicto dado pelo povo argentino, considerei que a melhor maneira de colaborar com esta tarefa é colocar minha renúncia à sua disposição”, escreveu Wado na carta. Em seguida, o documento também foi encaminhado à imprensa. Após a publicação da decisão, outras renúncias começaram a ser anunciadas no gabinete presidencial.

De acordo com o ministro de Desenvolvimento Territorial e Habitat, Jorge Ferrari, as demais renúncias foram comunicadas ao presidente na última segunda-feira, 13. “Conversamos com o presidente e, de uma forma ou de outra, todos os ministros renunciamos”, disse Ferraresi, em entrevista à emissora de rádio Con Vos.

Na mesma ocasião, ele também tentou minimizar a importância dos anúncios de renúncias: “O que deve ser dito é que a renúncia de alguém é assinada a partir do dia em que toma posse, a renovação de nossa gestão é dia a dia. Alguns o fizeram por escrito, outros de boca, mas todos os ministros tiveram a atitude de comunicar ao presidente que ele dispunha de espaço [para demiti-los] se considerasse apropriado”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055