martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Sikêra Jr. se revolta com absurda soltura de presos: 27 mil só em SP (veja o vídeo)

Segunda, 28 de Dezembro de 2020

 


 

Vinte e sete mil presos foram pra casa pela porta da frente. Vinte e sete mil saidinhas de Natal (pra comemorar a data em família). Quer apostar comigo quantos vão voltar? Menos da metade? Você está sendo bondoso. Eu dou 10% e olhe lá. Se voltar 100, é muito ainda”, disparou.
“Vai voltar aquele que diz assim: rapaz, falta pouco pra minha pena acabar e poder ganhar o alvará de soltura definitivo”, completou.
“E o nosso governo está determinando que você fique em casa por causa da pandemia. Solta preso e prende cidadão”, criticou, para, em seguida, dizer que, se houvesse tratamento precoce com os medicamentos adequados, muitas pessoas não teriam morrido de covid-19 no país.
“Se o atendimento tivesse sido precoce, eu não teria sofrido tanto. Muitas pessoas nesse país não teriam morrido.”
“(Medicação) Não dava dinheiro. Não dava pra comprar respirador. Tem muito dinheiro em jogo. Respirador deu muito dinheiro. Imagina a vacina!”, ironizou.

A saída temporária está prevista em lei penal, mas depende de autorização judicial. Condenados no regime semiaberto e com bom comportamento podem obter o benefício, por até sete dias, cinco vezes ao ano. Mas, as “saidinhas”, como ficaram conhecidas, são, duramente, criticadas por especialistas da áreas jurídica e de segurança, que sustentam a necessidade de internação do preso por todo o período da pena.

Em Marília (SP), um detento de 42 anos de idade, condenado por estupro, utilizou o benefício para estuprar uma corretora de imóveis, mas foi esfaqueado por ela, nesta quinta-feira (24).

De acordo com a polícia, o homem se passou por cliente, atraiu a vítima, e, no momento em que ela mostrava o banheiro, ele tirou uma faca da cintura e mandou a vítima se ajoelhar porque iria estuprá-la.

A mulher entrou em luta corporal com o criminoso, tirou a arma dele e o golpeou nas costas. O homem foi preso e, assim que receber alta do hospital, volta para a penitenciária de São Pedro do Turvo.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055