martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Assassinatos de mulheres crescem 48 por cento no Ceará em 2020. São 332 vítimas

Quarta, 30 de Dezembro de 2020


O Ceará deve fechar o ano de 2020 com um aumento aproximado de 50 por cento nos casos de assassinatos de mulheres. Do dia 1º de janeiro a 28 de dezembro o estado já registrou 332 crimes do gênero. Em 12 meses de 2019 esse número foi de 224 casos. O aumento exato é de 48,2 por cento, faltando ainda dois dias para o término do ano.

Dos 332 casos de assassinatos de mulheres neste ano, a maioria ocorreu no Interior. Foram 156 crimes de morte. Já na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), esse número chegou a 94. Outras 82 mulheres foram mortas na capital cearense.

A média no ano é de 27 mulheres assassinadas no Ceará à cada mês. Os casos mais comuns dentro desta estatística são os feminicídios (casos passionais), latrocínios (roubos seguidos de morte), além dos crimes ligados ao tráfico de drogas e à guerra entre facções criminosas.

Cidades

Além de Fortaleza, com 82 mulheres mortas, as cidades que mais apresentaram crimes do gênero foram: Caucaia (com 33 mortes), Sobral (16), Juazeiro do Norte (13), Aquiraz (10), Maracanaú (10), Maranguape (10) e Quixadá (6).

Entre as vítimas figuraram 37 adolescentes com idades entre 12 e 17 anos. A maioria delas foi morta em Fortaleza e na Região Metropolitana, em crimes com ligação no tráfico de entorpecentes e com organizações criminosas.

Figuram ainda na lista das mulheres assassinadas, 11 idosas com idades de 65 a 82 anos.

(Blog do Fernando Ribeiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055