martins em pauta

sábado, 30 de novembro de 2019

Número de casos de HIV/Aids sobe 81,7% no RN

Sábado, 30 de Novembro de 2019


A taxa de detecção de HIV/Aids no Rio Grande do Norte disparou nos últimos dez anos. O aumento foi de 81,7% entre 2008 e 2018, para grupos de 100.000 habitantes. Neste período, foi o maior crescimento percentual entre todos os estados. No RN, por exemplo, a taxa em 2018 foi de 20,9. Dez anos antes, esse coeficiente era de 11,5. Além do Estado, outros 15 estados apresentaram aumento neste intervalo de tempo. Os números do RN vão na contramão da média nacional, que apresentaram redução.

Os dados são do Ministério da Saúde, divulgados em Boletim Epidemiológico nesta sexta-feira (29). Além de ter o maior aumento percentual em dez anos, em 2018, por exemplo, a taxa do Rio Grande do Norte foi a maior do Nordeste e a 10ª do Brasil. Entre 2008 e 2018, segundo o boletim, o RN teve 5.501 casos de HIV notificados.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap), o Rio Grande do Norte dispõe de uma rede de acolhimento para as pessoas que são infectadas com a doença. São 14 unidades de Serviços de Atenção Especializadas (SAEs), que atendem pessoas com HIV/AIDS e Hepatites Virais. Destes, 12 são administrados pelos municípios e outros dois pela Sesap. No Estado o serviço é ofertado pelo Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, e pelo Hospital Rafael Fernandes, em Mossoró.

Existem SAEs também em Natal, Mossoró, São José do Mipibu, Santa Cruz, São Paulo do Potengi, Pau dos Ferros, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e Macaíba. A Sesap informou que, em outubro, 13.022 pacientes foram atendidos nos 14 SAEs. O número de usuários cadastrados, no entanto, não foi divulgado.

Leia a matéria na íntegra AQUI na Tribuna do Norte.

Fonte: Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055